Comportamento

Sem Saúde não somos nada!

Sábado de Sol, lá fui eu com um envelope na mão com “trocentos” pedidos de exames à um laboratório, confesso que preferiria aproveitar o último fds do verão numa piscina de águas cristalinas, mas segui firme no meu propósito. Não estou doente, Graças a Deus! Mas com 38 anos tomei uma decisão que não tem volta, assim como Abílio Diniz em seu livro Novos Caminhos, Novas Escolhas quero seguir vencendo mas minha meta fundamental é longevidade com qualidade de vida. Cuidamos de tudo e de todos e não damos bola pra falta ou excesso de sono, apetite, energia, peso e aos pequenos sinais que nosso corpo nos dá diariamente. Sempre culpamos o stress e a correria do dia a dia, mas nem sempre eles são os maiores vilões. No passado fiquei cinco anos sem ir ao médico e nem vi o tempo passar, mas hoje já não posso mais brincar, meu corpo me denuncia, já não me sinto tão bem quando tomo minha cervejinha ou quando como aquela feijoada maravilhosa da minha Tia. Talvez apenas uma ‘pecinha’ desse motor chamado corpo esteja fora do lugar e com pequenos ajustes tudo volta ao normal, no meu caso apenas um hormônio desregulado está fazendo toda essa bagunça e me atrapalhando a perder peso. Sabendo do que se trata fica muito fácil fazer os ajustes. Seja sincera! Qual foi a última vez que você fez um check up? Se faz anualmente, Parabéns! Você é uma pessoa que se cuida e se não se lembra a última vez ou está achando esse papo chato demais, pare de fugir de si mesma, não perca tempo, marque essa semana mesmo uma consulta com o médico da sua preferência e vá se cuidar. Sem saúde não somos nada!

saude

Comentar
Página 3 de 5...2345